É fato que Inglaterra vai testar vacina contra a Covid-19

 É fato que Inglaterra vai testar vacina contra a Covid-19

Previsão é iniciar testagem ainda no mês de abril

Está circulando nas redes sociais a informação de que a Inglaterra está prestes a iniciar a testagem de uma vacina contra a Covid-19. A informação é verdadeira e foi noticiada pelos principais veículos de comunicação do Brasil.

Vídeo sobre a vacina: por enquanto, o que existe são testes

O governo britânico anunciou na quarta, 22, o início dos testes em humanos da vacina conhecida como “ChAdOx1 nCoV-19”. A data prevista era 23 de abril, mas ainda não há informações sobre o início efetivo da testagem. O trabalho vem sendo desenvolvido por uma equipe de pesquisadores da universidade de Oxford.

Conforme esta matéria do portal de notícias UOL, a vacina faz parte de um esforço que começou antes da pandemia do coronavírus. A pesquisadora líder do experimento, Sarah Gilbert, explica que sua equipe já vinha se preparando para uma pandemia, que ela chamou de “Doença X”, desde o ano passado: “No ano passado já estávamos estudando vacinas contra febre de Lassa, Mers (outra doença causada por coronavírus) e a Doença X. Não sabíamos qual microorganismo a causaria, mas já tínhamos planos para o caso dele aparecer e nós precisarmos pesquisar”.

O governo britânico investiu 20 milhões de libras (mais de 130 milhões de reais) no desenvolvimento do projeto, que será testado em um grupo de 1.112 voluntários. A expectativa é que, se tudo der certo, a vacina possa ser disponibilizada até setembro deste ano. Mas é uma expectativa otimista, segundo alguns membros da pesquisa e o diretor de saúde do Reino Unido, para quem a probabilidade de uma vacina contra o coronavírus este ano é “muito baixa”.

A notícia sobre um medicamento ou vacina eficaz contra a Covid-19 nas redes sociais costuma gerar grande expectativa e muitos compartilhamentos. Foi assim com a cloroquina, defendida pelo presidente da República, e com a nitazoxanida, droga anunciada pelo ministro da Ciência, Marcos Ponte, ambas de eficácia restrita e não confirmada pelos testes feitos até o momento. As autoridades médicas e os cientistas recomendam cautela diante de qualquer anúncio espalhafatoso de “cura milagrosa”.

Em busca da vacina: a ciência contra a Covid-19

Uma vacina eficaz contra o coronavírus ainda não existe, mas vários testes já estão sendo feito mundo afora. Nesta matéria do site da Folha de S.Paulo, você pode acompanhar alguns deles. De qualquer forma, depois de testada a eficácia em humanos, serão ainda meses para que a vacina chegue à população. A prevenção e o isolamento social seguem sendo os melhores remédios por enquanto.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *