Em vídeo, diretor de hospital em Barretos diz que médicos do local devem receitar cloroquina

 Em vídeo, diretor de hospital em Barretos diz que médicos do local devem receitar cloroquina

Filmagem foi compartilhada nas redes sociais do presidente Jair Bolsonaro.

Um vídeo publicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) causou polêmica nas redes sociais na semana passada. Na filmagem, o diretor do Hospital do Amor de Barretos, Henrique Prata, recomenda utilização de cloroquina para tratamento da Covid-19.

Prata, que não é médico, afirma que tinha a obrigação de falar sobre o assunto porque é filho de médico e administra na área da saúde por 31 anos. “Tenho posição definida. Quero que minha equipe em todas as instalações ofereça cloroquina como um remédio no início da pessoa que chegar com sintomas, seja gripário, seja nos postinhos, seja onde for”, disse Prata.

De acordo com Prata, a medida ocorreu após a avaliação dos pacientes que passaram pelo tratamento da Covid-19 em Barretos.

O Nujoc Checagem já trouxe diversos estudos que indicam que a hidroxicloroquina pode causar danos à saúde, especialmente em pessoas que possuem alguma comorbidade, desse modo, o teste com a droga foi suspenso definitivamente, no início do mês de julho, após não apresentar bons resultados contra a doença, por isso, a OMS não recomenda o uso do medicamento no tratamento da Covid-19.
Até o momento, nenhum estudo comprovou a eficácia do uso da medicação contra o novo coronavírus, portanto, é de suma importância que o uso do medicamento seja acompanhado por um profissional de saúde competente e que o utilize de maneira observada e responsável.