Estados e municípios não atrasam vacinação contra covid-19 para culpar o presidente Bolsonaro

 Estados e municípios não atrasam vacinação contra covid-19 para culpar o presidente Bolsonaro

Em vídeo transmitido ao vivo através de sua conta do Facebook, o enfermeiro Anthony Ferrari Penza trás informações sobre os casos de golpe na aplicação da vacina no Brasil, onde algumas pessoas estavam recebendo falsas doses da vacina, ele também passa informações de forma equivocada sobre a distribuição de vacinas no país e questiona a falta de um tratamento precoce contra a covid-19 no país, afirmando que seja uma forma que os estados e municípios encontraram de culpar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre os números de mortes do país. 

A vacinação contra covid-19 no Brasil teve início no dia 17 de janeiro, no estado de São Paulo e logo em seguida iniciou em todos os estados, a partir disso surgiram algumas denúncias sobre as falsas aplicações em vários estados do país, que estão sendo apuradas pela polícia e ministério da saúde de cada estado. 

No vídeo em questão o enfermeiro afirma que os enfermeiros e técnicos estão sendo obrigados pelos estados e municípios a realizarem tal procedimento, para assim atingirem diretamente o governo federal, ele afirma que estão negligenciando a compra de vacinas, que estão sendo escondidas e/ou deixando vencer para perder doses, porém a distribuição de vacinas é feita pelo próprio governo federal para cada estado, para o estado distribuir proporcionalmente entre seus municípios. 

De acordo com uma matéria publicada pela Agência Brasil, “o envio das doses aos estados vai ocorrer de forma proporcional e igualitária, conforme estabelece o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a covid-19” de acordo com o que foi repassado pelo ministério da saúde. Dentre os fatos, seria inviável tal acusação, logo todas as doses recebidas por cada estado/município são monitoradas para que não ocorra desvio de doses.

Ele também fala sobre a falta de tratamento precoce contra a covid-19, ou a utilização de medicamentos para o tratamento direto do vírus, porém até o momento não existe nenhum medicamento indicado e aprovado para o tratamento precoce ou da própria covid-19. 

O Nujoc Checagem já verificou outras fake news envolvendo a vacina da covid-19, tratamento do coronavírus com medicamentos não aprovados e denúncias envolvendo o governo federal do Brasil, para ter mais informações clique aqui.  

Sane Araujo