Prefeitura nega denúncia de áudios sobre a morte do prefeito por Covid-19

A prefeitura de São José do Divino enviou na tarde desta terça-feira, 31 de março, nota à imprensa onde nega a veracidade de áudio que circula nas redes sociais e matérias de portais de notícias, onde uma voz feminina, que se identifica como secretária do prefeito Antônio Felícia, 57 anos, teria dito que o mesmo não foi vítima do coronavírus.

Prefeito Antônio Felicia

A nota da prefeitura do município diz que: “as informações que estão sendo veiculadas em redes sociais nos últimos dias, e erroneamente atribuídas a uma secretaria do prefeito, são informações inconsistentes e falsas, e que têm por motivação confundir e embaraçar todos os esforços da prefeitura e Secretaria de Saúde na prevenção, combate e enfrentamento ao Covid-19 no município”.

Antônio Felícia faleceu dia 27 de março. O prefeito foi considerado pela Secretaria Estadual do Piauí (Sesapi) como a primeira vítima da Covid-19 no Estado com exames feitos e comprovados no Laboratório Central do Piauí (Lacen).

O áudio colocaria em dúvida o resultado do exame já que, a suposta secretária, que trabalhava no mesmo ambiente do prefeito, não contraiu a doença.

Confira a nota na íntegra:

A Prefeitura de São José do Divino-PI alerta à comunidade que as informações, áudio, que estão sendo veiculadas em redes sociais nos últimos dias, e erroneamente atribuídas a uma secretaria do prefeito, são informações inconsistentes e falsas, e que apenas tem por motivação confundir e embaraçar todos os esforços da Prefeitura e Secretaria de Saúde na prevenção, combate e enfrentamento do Covid-19 no município.
Repudiamos a irresponsabilidade dos autores dessas notas falsas, que atentam contra a saúde pública municipal, e informamos ainda que os autores e propagadores de informações que objetivam deturpar a realidade dos fatos poderão responder por seus atos na esfera cível e penal.

Reiteramos o nosso pedido a população que colabore nesse período de crise, fiquem em casa, mantenham todos os cuidados e precauções necessárias.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *