Spray para asma tem resultados positivos no tratamento contra covid-19

 Spray para asma tem resultados positivos no tratamento contra covid-19

Em matéria publicada pelo site Contra Fatos, é informado que o spray de budesonida, utilizado por pessoas com asma, que é uma doença pulmonar crônica, pode ajudar no tratamento de pessoas com covid-19.

O tratamento não seria considerado como cura milagrosa, mas traz resultados importantes e positivos no tratamento contra covid-19, de acordo com eles “Em dezembro de 2020, essa suposição foi verificada em um tratamento de 146 pacientes com corona. 73 receberam o tratamento usual, os outros 73 também receberam o spray de budesonida. Eles inalaram duas vezes por dia durante sete dias. Do primeiro grupo, onze pacientes tiveram que ser internados por causa da gravidade da doença, do segundo grupo apenas dois. Além disso, a proporção de pessoas com febre foi menor no segundo grupo”

O site do Bem Estar traz informações mais detalhadas sobre o caso, o estudo realizado está na sua segunda fase dos testes e está sendo realizado pela universidade de Oxford, em parceria com a AstraZeneca. 

 A matéria traz alguns destaques sobre a pesquisa, confira: 

  • A pesquisa foi publicada na plataforma Medrxiv, e é um “pré-print”: ainda não foi aceita por revistas científicas e revisada por outros pesquisadores;
  • O ensaio ainda está na fase 2, ou seja, a amostra de pacientes será ampliada na próxima etapa, a fase 3;
  • Esse foi um estudo clínico randomizado: as pessoas testadas foram divididas aleatoriamente em um grupo que recebe o tratamento com o corticoide, e em outro grupo que não recebe.
  • 146 pessoas participaram do estudo – metade recebeu 800 microgramas de budesonida inalada duas vezes ao dia e metade fez os procedimentos usuais contra a Covid;
  • Os participantes receberam os respectivos tratamentos 7 dias após o início dos sintomas da doença;
  • Os cientistas decidiram fazer o experimento após notar que os pacientes com a doença respiratória crônica estavam sub representados entre os infectados pelo Sars CoV-2 que necessitavam de hospitalização em Wuhan, na China.

O estudo se mostra promissor na área, dentre os pacientes que fizeram parte dos testes, os que receberam as doses do spray, tiveram apenas 10% de chance de necessitar de atendimento de urgência e emergência para o tratamento da doença. 

O Nujoc checagem também já verificou outras informações sobre tratamentos contra covid-19, confira aqui

Sane Araujo